O que é gestão de tráfego? Veja o que faz esse profissional
Home / Marketing Digital / O que é gestão de tráfego na agência? Veja o dia a dia de uma gestora de projetos
Duas mulheres de costas, olhando para notebook em cima de uma mesa.

O que é gestão de tráfego na agência? Veja o dia a dia de uma gestora de projetos

Uma agência não sobrevive sem a gestão de tráfego e sem um gestor de projetos. Esse é um dos lemas da Cubo Amarelo, que já viveu duas fases: sem esse apoio e com.

O mundo da publicidade é naturalmente caótico. Você pode se planejar para seis meses e produzir tudo com antecedência, mas a única coisa garantida é que vão surgir surpresas no caminho.

Fazer a gestão de projetos é um trabalho que funciona em duas vias. Por um lado, conseguimos ter um ambiente favorável às surpresas, aos pedidos de última hora. Eles entram na rotina de um jeito tão simples que quando a gente vê, já tá na mão do cliente.

E por outro lado, o trabalho de rotina, o conteúdo produzido dentro dos limites do calendário editorial, também fica mais organizado e sem furos.

Falando assim até parece milagre. E é mesmo: a gestão de tráfego é um pilar essencial, praticamente mágico, na nossa rotina aqui na Cubo. Por isso, hoje quero falar com você um pouco mais sobre por que e como.

É gestão de tráfego ou gestão de projetos?

Um pouco dos dois. Em agências, é muito comum que a gente diga “gestão de tráfego” internamente, mas para o mundão, a nome “gestão de projetos” acaba sendo mais conhecido.

Segundo o PMBOK, a publicação mais tradicional sobre gerenciamento de projetos, um gestor de projetos é:

O Gerente de Projetos é a pessoa designada pela organização executora para atingir os objetivos do projeto”

Simples assim, complementando que essa pessoa também está responsável por organizar recursos, cronogramas, trabalhadores envolvidos, etc.

É basicamente a nossa definição de gestor de tráfego, como você vai ver. Mas ao meu ver, um gerente de projetos envolve vários tipos de profissionais em diversas áreas, desde a tecnologia até multinacionais gigantescas. Quando digo que sou gestora de tráfego, é mais fácil me conectar às raízes da minha profissão de escolha: a publicidade.

O termo gestão de tráfego dentro da publicidade é usado também para designar pessoas que trabalham exclusivamente com formas de trazer mais visitantes para um site. Mas isso, dentro de uma agência, é responsabilidade de todo mundo.

Então, ao logo desse texto estou falando como Daniella, gestora de tráfego, ok? Mesmo que gestora de tráfego e gerente de projetos tenham definições similares.

Mas enfim: o que eu faço nessa função?

O que faz um profissional de gestão de tráfego em uma agência?

O gestor de tráfego é responsável por conectar informações e ser a ponte entre as etapas do fluxo de trabalho de uma agência.

Imagine tudo o que perpassa a criação de um texto para um blog, por exemplo, ou um post para as redes sociais. A gestão de tráfego define o que é esse “tudo” e acompanha cada um dos profissionais envolvidos na sua criação, passo a passo, etapa por etapa.

Basicamente, em um item por item, a gestão de tráfego na agência é responsável por:

  • Gerenciar as atividades no geral;
  • Cadastrar novos jobs;
  • Checar a carga de trabalho dos criativos;
  • Distribuir as tarefas de acordo com a disponibilidade da equipe;
  • Monitorar o prazo das etapas dos jobs;
  • Estipular e negociar prazos;
  • Aprovar os jobs internamente e direto com o cliente.

É importante entender que a gestão de tráfego é uma vertente da gestão de marketing. Essa gestão mais abrangente cria os projetos estratégicos de resultados para o negócio do cliente, ou seja, diz tudo o que precisa ser feito para se chegar a um resultado X.

A gestão de tráfego é a logística que coloca tudo em produção. É a organização interna na agência desses projetos em andamento.

Gestor de tráfego em uma agência de publicidade passando entre mesas.

Eu entendo que quem contrata uma agência de marketing espera uma entrega ágil e de qualidade.

O ambiente de criação é naturalmente bastante movimentado, com muitas urgências e cobrança dos clientes, tudo acontecendo ao mesmo tempo.

Um pouco caótico, não? É assim mesmo. O gestor ou gestora de tráfego busca organizar esse trânsito de ideias e informações para que todas as etapas consigam alcançar seus objetivos dentro do prazo, sem estresse para a equipe e sem afetar a qualidade da entrega e sua agilidade.

Todas as agências têm à disposição vários profissionais com diversos perfis e habilidades, além do domínio técnico do que fazem. A gente brinca aqui de vez em quando que na Cubo não falta talento, só faltam dias na semana.

A gestora de tráfego ou o gestor trabalham para que a equipe criativa não precise se preocupar com nada além do job. Quem trabalha como freelancer ou em agências onde não há gestão de tráfego sabe: quanto mais foco e liberdade tiver o criativo, melhor será o resultado.

Redatores não são as melhores pessoas para conversar diretamente com o cliente sobre prazos. Diretores de Arte também não. Eles têm outras habilidades e outras preocupações. A gestão de tráfego na agência resolve justamente isso.

Eu falo, eu organizo, eu resolvo. E a equipe criativa cria.

Computador visto de cima, com teclado, fone de ouvido e monitor em uma mesa.

Quais as habilidades que um profissional do tráfego precisa ter?

Falando assim, de uma forma bem básica, é preciso ter organização e domínio de tudo o que está acontecendo nos projetos.

Já deu pra ver que a gestão de tráfego dá um trabalhão, muito pautado na administração do tempo e conciliação de todos os projetos e das habilidades de cada membro da equipe.

A aptidão para lidar com isso, eu acredito, é muito de perfil. Do mesmo jeito que para um redator escrever é praticamente sua natureza, sua maneira de pensar melhor, a gestora ou gestor de tráfego tem uma inclinação natural para a organização.

Para sair do básico, trouxe aqui as 3 principais habilidades que mais prezamos aqui na Cubo Amarelo para a gestão de tráfego:

1.Saber gerir pessoas

É impossível pensar na gestão de tráfego sem a gestão de pessoas. É, sim, muito importante que o gestor de tráfego entenda os objetivos maiores de cada cliente, só que entender as habilidades e o tempo de cada pessoa é ainda mais.

Envolver toda a equipe nos processos formalizados não é uma tarefa fácil, ainda mais falando de criativos.

Isso se resolve buscando gerar o sentimento de pertencimento ao time. A distribuição de informações de forma eficaz e o contato constante com os colaboradores cria um clima de trabalho bastante produtivo. É mais que o salário: é ver o seu trabalho dando ótimos resultados.

Juntas, a gestão da equipe e a gestão dos processos do fluxo garantem a medida perfeita da administração do tempo, dos processos e dos sentimentos de quem executa. E esses três ingredientes garantem uma entrega de qualidade e sempre dentro do prazo.

2.Organização

Além de agilidade, a organização é imprescindível para o profissional de tráfego. Com o cotidiano bastante movimentado, sempre há demandas urgentes, dados para analisar e atividades para organizar.

Por isso, um bom planejamento dos projetos e uma rotina bem consolidada é um diferencial facilitador deste trabalho.

Uma boa dica para planejar as rotinas é fazer uma lista da ordem de prioridades, levando em consideração tempo hábil que pode ser usado em caso de encaixes emergenciais.

Outra dica importante é padronizar métodos e processos de trabalho e buscar sempre criar e resolver metas de produtividade. Elas funcionam como motivadores, mas também como termômetro de como está a produção na agência.

3. Boa comunicação

Parte do trabalho da gestão de tráfego é a boa comunicação entre a entrega de serviços e produtos que a agência faz com cada cliente.

Esse diálogo constante de captação das demandas do cliente e transferência para o fluxo exige muita concentração e foco, além de ótimas habilidades conversacionais para oferecer mais que uma entrega de material: uma ótima experiência a cada contato.

É muito, mas muito importante sempre manter uma comunicação simpática, segura, objetiva e transparente. E também cheia de personalidade, transmitindo os valores da agência e seus compromissos só com uma boa conversa.

Pessoas sentadas em volta de mesa de reunião, desfocadas, conversando.

Bom, gente, vou parando por aqui. Vocês conseguiram entender tudo o que faz uma gestora de tráfego? Qualquer dúvida, deixa aqui nos comentários.

Aqui no blog temos outros textos falando sobre as funções das pessoas que trabalham com a gente. Tem um muito bacana, escrito pela Andressa, que fala mais sobre um outro aspecto importantíssimo nas nossas estratégias: a gestão de automação dentro do marketing inbound. Bora lá?

Sobre Daniella Sandy

Acredito no bom relacionamento em equipe, na inovação de métodos, organização e no planejamento como ferramentas de sucesso. Com experiência em atendimento ao cliente, gerenciamento de departamentos administrativos e gestão de pessoas, apaixonada pelo Marketing Digital, atuo como Gestora de Tráfego na Cubo Amarelo.

Confira também

produção de conteúdo

O segredo de uma produção de conteúdo mais eficiente

A produção de conteúdo é a função em que se baseia grande parte das estratégias …