Como criar uma lista de palavras-chave? - Cubo Amarelo
Home / Marketing Digital / SEO / Como criar uma lista de palavras-chave?
Como criar uma lista de palavras-chave

Como criar uma lista de palavras-chave?

A exibição dos seus anúncios para o público certo depende de uma boa estratégia de palavras-chave. Você já parou para pensar em como os seus clientes em potencial procurariam por seus produtos ou serviço em um mecanismo de busca?
O próprio Google já deu dicas básicas de como trabalha-las de maneira eficaz. Vamos lá:

Pense como o cliente

1. Pense como seu cliente

Vamos supor que você já passou pela situação de estar procurando uma camiseta para comprar, mas não quer uma qualquer – você quer uma camiseta estampada amarela.
Essa é a lógica que você deve seguir para bolar as palavras-chave para a sua empresa. Anote as principais categorias e os termos adequados para cada uma delas. Se você fosse um cliente, como procuraria por este produto ou serviço?

2. Palavras-chave específicas para clientes específicos

Esse tipo de palavra-chave se relaciona diretamente ao tema do seu anúncio para segmentação de clientes com base em seus interesses. Mas lembre-se: Quanto mais específico for, menor é a quantidade de pessoas alcançadas. Quer um exemplo?
Esta mesma camiseta estampada deve ter a malha ideal para fazer exercícios na academia e servir para o público feminino. Uma palavra-chave específica seria então “camiseta amarela feminina para malhar na cor amarela”.

3. Use também palavras-chave gerais

Para criar mais abrangência e alcançar mais pessoas utilize palavras-chave gerais. Mas cuidado! Se forem muito abrangentes podem fazer com que os seus anúncios apareçam em pesquisas que não tem nada a ver com a sua empresa. É necessário fazer testes e verificar o desempenho de cada uma.
Um exemplo de palavra-chave abrangente seria “camiseta”.

4. Use grupos de anúncios para agrupar palavra-chave semelhantes

Agrupe palavras-chave e os anúncios em grupos de anúncios para exibir anúncios mais relevantes para clientes em potencial.
Por exemplo: Você pode criar dois grupos de anúncios para tênis – um sobre tênis de corrida e outro sobre tênis para noite. O grupo de anúncio de tênis de corrida pode incluir palavras-chave como “tênis próprios para corridas” e “tênis esportivos para corrida”. O grupo de anúncio de tênis para noite pode contar as palavras-chave “tênis para festas” ou “tênis para noite”.

5. Escolha o número certo de palavras-chave

A questão aqui é não exagerar. O recomendado é usar de 5 a 20 palavras-chave por grupo de anúncio, podendo estender se desejar (e claro, se a qualidade das palavras for boa).
Ah, você não precisa adicionar as variações (plurais, gênero, erros ortográficos). Os mecanismos de busca já fazem essa correspondência.

6. Você precisa fazer uma lista de palavras-chave negativas!

As palavras-chave negativas garantem que seus anúncios não sejam exibidos para pessoas erradas, então você não paga por cliques para produtos que não vende. Por exemplo:
Você não vende camisetas infantis, portanto, algumas das palavras-chave negativa são “infantil”, “criança”, “bebê”.

 

Planejador de palavras-chave Google

7. Use o Planejador de Palavras-Chave

O Planejador de Palavras-Chave do Google é uma ótima ferramenta para ensaiar a construção de sua campanha. Ele ajuda a estimar o número de cliques que você pode ter em suas palavras-chave, além de dar sugestões, mostrar o nível da concorrência e o valor aproximado do lance.

Com tudo pronto, não se esqueça de acompanhar o desempenho de suas palavras-chave. Você pode aumentar o CPC daquelas que estiverem indo bem e melhorar o posicionamento do seu anúncio no Google e alcançar mais clientes!

Sobre Ana Paula Takahashi

Diretora de criação, analista de Marketing Digital e japonesa do Paraguay. É workaholic apaixonada por novos desafios, cachorros e coisas Geek. Formada em Publicidade pela ESAMC, Ama loucamente Marketing Digital e procura sempre estar atualizada.

Confira também

Download do Checklist SEO

Faça download do Checklist SEO