Como captar leads com um bom conteúdo + copywriting?
Home / Marketing Digital / Marketing de Conteúdo / Como captar leads com um bom conteúdo + copywriting?
Pessoa apontando para computador exibindo uma Landing Page

Como captar leads com um bom conteúdo + copywriting?

Deixa eu já começar falando que essa é a etapa que eu mais gosto no trabalho de inbound marketing: entender como captar leads e aplicar estratégias pra fazer isso acontecer.

É a parte mais interessante por um motivo simples: é a mais criativa. No processo de captar leads, a equipe de estratégia e redação de qualquer agência ou empresa precisa brilhar. E muito depende dos redatores e redatoras que se colocam nessa linha de frente. Tem até nome em inglês pra eles: content writers e copywriters.

Mas o assunto hoje não é só redação não, viu? Vamos falar, de uma forma ampla, como captar leads. E já te adianto: o texto é importante, mas não é tudo.

Adiantei tanto que esse já é inclusive o assunto do primeiro tópico:

Primeiro passo: crie conteúdo

A captação de leads começa na geração de tráfego. Leads são pessoas que visitaram seu site ou interagiram com a sua marca, deixando um e-mail ou outras informações de contato relevantes.

Mas de onde vêm essas pessoas?

De qualquer lugar, desde que você crie conteúdo relevante para elas. E quando digo conteúdo, não estou dizendo um tipo específico, como posts em um blog ou no Instagram. Conteúdo é todo tipo de informação que a sua marca é capaz de gerar.

Post do Instagram Cubo Amarelo mostrando a técnica AIDA de copywriting para captar leads
Post do Instagram da Cubo Amarelo

Existem várias formas de encontrar pessoas interessadas no que você tem a dizer e oferecer. As mais populares são:

  • Posts no seu blog;
  • Vídeos no Youtube;
  • Posts, vídeos e stories no Instagram e Facebook;
  • Posts no LinkedIn;
  • Anúncios de mídia paga (Google Ads e Facebook Ads, por exemplo).

O importante na criação de conteúdo é entender onde seu público mais se engaja. Aliás, o importante mesmo é produzir o máximo possível para tentar atingir cada vez mais pessoas.

É muito complicado dizer “meu público é do LinkedIn” e pronto. Hoje em dia isso está muito desatualizado. A mesma pessoa que usa o LinkedIn também acessa o Youtube, lê blogs e usa o Instagram.

Os interesses dela mudam de acordo com a rede social? Um pouco, mas não totalmente. E falando em interesse…

Segundo passo: tenha uma ótima oferta

O processo de captar leads, em essência, não é muito complicado dentro da metodologia do inbound: você oferece algo para os visitantes do seu site e eles aceitam. Nesse processo, eles demonstraram interesse e deixaram o e-mail, se tornando leads.

O texto é fundamental porque ele atua como o meio de campo entre o visitante e a oferta. Mas a própria oferta é tão importante quanto, senão até mais. A criatividade vai longe na captação de leads, mas não tão longe.

Pessoa segurando, como se entregando, um pacote embrulhado para presente.

A oferta, no fim das contas, é o que faz os olhos do visitante brilharem. Na captação de leads, o texto é tão importante quanto a oferta consegue ser boa. Mas oferecer o que? Veja algumas sugestões:

  • Consultoria grátis;
  • Período de testes no caso de software como serviço;
  • Planilha grátis;
  • E-books;
  • Assinatura de newsletter semanal;
  • Algum brinde (muito cuidado com o estoque!);
  • Qualquer benefício exclusivo.

No fim das contas, a oferta depende do que você já oferece para o mercado. Ofereça o que você tem de mais atrativo e que não exige muito esforço de confecção. E é aí, depois de entender o que você está oferecendo para os visitantes, que entra a parte de texto.

Terceiro passo: como captar leads com um bom texto?

Entender como captar leads por meio de texto e oferta é pensar um pouco fora da caixa. É muito comum encontrar gurus de marketing por aí colocando a conversão em algumas categorias muito restritas, dizendo coisas como:

  • “Sua conversão fica cada vez melhor quando você investe alto em copywriting”;
  • “O importante mesmo é conteúdo de qualidade. Quem tem conteúdo, tem leads”
  • “Você pode escrever o que você quiser no seu blog. Mas ele só existe para apresentar CTAs de conversão”.

Não é bem assim. Como captar leads é uma tarefa super abrangente, e até mesmo pelo que você leu até agora, não dá pra dizer que “o copywriting é o herói” e pronto. Ou que o conteúdo é o rei. Tudo trabalha junto em um esforço holístico visando a conversão.

 Pessoa escrevendo usando caneta e um caderno

Nossa, até falei bonito agora. Mas vou explicar melhor como cada tipo de texto funciona na captação de leads aqui embaixo. Veja:

Como captar leads com copywriting?

O copywriting é a arte de vender por palavras. Ele foi popularizado há décadas atrás, com a mala direta e anúncios em revistas, com grandes nomes como David Ogilvy e Gary Halbert por trás de obras simplesmente geniais.

Anúncio de David Ogilvy para a Rolls Royce
“A sessenta milhas por hora, o som mais alto do novo Rolls Royce vem do relógio elétrico” – David Ogilvy

O desafio do copywriting é mostrar a oferta no seu melhor ângulo. Nesse caso do Rolls Royce, a vantagem da oferta (que é comprar o carro do ano) é que, além de veloz, o carro é extremamente silencioso.

O verdadeiro copywriter vai escrever uma linha tão boa, mas tão boa, que o visitante não vai conseguir escapar do anúncio. Normalmente, essas ofertas são inseridas dentro do site, dentro do blog ou até em uma legenda de redes sociais ou Youtube.

As oportunidades são imensas. A criatividade do copywriter também precisa ser.

Exemplo de texto para conversão da Trade Turismo, cliente Cubo Amarelo
Texto da Cubo Amarelo para um e-book da Trade Turismo: Guia de Bolso para Viajar na Pandemia

Como captar leads com conteúdo?

O marketing de conteúdo traz como resultado um aumento nos visitantes do seu site, mas não é só isso. Ele também melhora sua relação com o visitante, tornando o processo de conversão mais fácil e o trabalho do copywriter menos intenso.

Do mesmo jeito que é mais fácil vender para um lead qualificado, é mais fácil gerar um lead de um visitante que gosta do seu conteúdo. Especialmente se a sua oferta for mais conteúdo, como um e-book.

Nesse ponto, o content writer tem duas missões principais:

  • Criar conteúdo constantemente, respeitando uma linha editorial bem definida e trazendo as melhores informações possíveis para o visitante;
  • Criar o conteúdo da oferta (se for o caso) com a mesma consistência de qualidade que o visitante já está acostumado a encontrar.

Como você pode ver, é um trabalho intenso e tão importante quanto o do copywriter, que fecha a conversão.

É como um vendedor em uma loja. Ele não conseguiria vender nada se o estoque estivesse desatualizado, se as prateleiras estivessem bagunçadas e o chão estivesse sujo.

O conteúdo é a base da conversão e, quando bem feito, leva o lead para as próximas etapas de qualificação.
Gente, o trabalho de captar leads não é só isso, claro, mas isso é o principal que você vai precisar fazer. Melhor dizendo, a base da sua captação de leads via conteúdo.

As diferenças vão surgindo de acordo com o seu segmento, as ferramentas que você usa e a sua realidade. Mas você vai perceber que, mesmo com vários outros métodos sendo aplicados, tudo gira em torno de conteúdo, oferta e copywriting.

Gostou deste texto? Eu gostei de escrever 🙂 Se você quer mais, recomendo bastante se aprofundar em conteúdo com a nossa trilogia sobre o assunto. Vem ver!

Sobre Thiago Sgobero

Vindo da mesma cidade em que nasceu Drummond, tem no sangue o amor pela linguagem, e no marketing de conteúdo é onde exerce sua paixão sem medo de ser feliz. Com muita história pra contar e a certeza absoluta de que quem tem boca vai mesmo à Roma, quer transformar o mundo com a força das palavras - principalmente se elas forem palavras-chave.

Confira também

[Método Cubo] Como fazer revisão de texto?

Sim, eu sei que você digitou como fazer revisão de texto no Google esperando um …